Os geradores de energia são uma fonte de energia a parte capaz de substituir eletricidade sem a necessidade de interromper o uso de aparelhos que necessitam de energia elétrica para seu funcionamento. 

Justamente por isso, são uma ótima alternativa para prevenção quanto a quedas de corrente normal tanto em residências quanto em estabelecimentos comerciais. 

Sendo assim, a função principal desse aparelho é a sua capacidade de conversão de energia mecânica ou de outra fonte, em energia elétrica. 

Conhecer os benefícios e os tipos de geradores de energia é fundamental para poder indicar para o seu cliente a melhor opção. No artigo de hoje você confere as utilidades do gerador de energia. Acompanhe! 

Veja também:
Vale a pena alugar equipamentos de obra? Entenda mais!
Procedimentos de emergência em obras: tire suas dúvidas!

Por que ter um gerador de energia?

Os geradores de energia são equipamentos capazes de fornecer energia constante, mesmo durante um blecaute. Em residências, contar com esse aparelho pode ser uma garantia de conforto e segurança, enquanto em estabelecimentos comerciais pode ser o diferencial para que não seja necessário interromper as operações. 

Fora a garantia da corrente elétrica, o gerador traz outras vantagens em diversos cenários. Pense no caso da parte externa da sua casa ter uma porta de ferro automática que depende de um motor para abrir e fechar.

No caso de haver queda de energia, o gerador irá ligar e providenciar a descarga elétrica necessária para abrir o portão. Da mesma forma, com o uso de geradores elétricos você evita transtornos como a perda de alimentos na geladeira, baú refrigerado, frigobar e etc, ou até ter seu alarme residencial desligado por um longo período, reduzindo a segurança dos moradores. 

Os diferentes tipos de geradores de energia

Essa dúvida é bastante pertinente, pois é um assunto pouco falado. Mas a resposta para essa pergunta é sim! Existem diversos modelos e cada um funciona de maneira distinta, ainda que o resultado final seja o mesmo. 

A função principal do gerador de energia é garantir que a tensão elétrica dure mais tempo sem interromper o funcionamento dos aparelhos conectados à corrente elétrica.

Então, se você tem um comércio, como uma lavanderia industrial, a fonte de energia não pode parar ou diversas demandam acabam atrasando, não é mesmo? Os geradores cumprem esse papel de fonte geradora constante. 

Em relação aos modelos de gerador no mercado, existem vários, sendo que o gerador de energia mecânica é o mais comum entre todos. Os modelos existentes podem ser descritos como:

Gerador Luminoso 

O gerador luminoso transforma a energia dos raios luminosos em energia elétrica. Os painéis solares instalados em casas são exemplos do seu funcionamento.

Gerador Térmico 

O gerador térmico é um gerador de energia que utiliza a energia térmica e a converte em energia elétrica, como as turbinas a vapor muito utilizadas na indústria.

Gerador Químico  

Esse modelo de gerador utiliza a energia química, ou potencial, e a converte em energia elétrica. As pilhas, que você provavelmente usa em casa no controle da televisão ou no despertador, são um bom exemplo.

Gerador Mecânico  

O gerador de energia mecânico utiliza energia mecânica e a converte em energia elétrica para o funcionamento dos componentes a ele conectados. Por exemplo, o alternador dos carros.

Gerador Eólico

Esse gerador de energia integra um sistema de cata-vento ao gerador elétrico e transforma a energia eólica em energia elétrica. Por exemplo, os aerogeradores usados em grandes campos.

Utilize geradores de energia 

Como vimos ao longo deste conteúdo, existem diversos modelos de geradores de energia, e os aparelhos são extremamente úteis tanto em indústrias quanto residências. Eles são capazes de manter uma corrente elétrica sem interrupções, o que traz maior conforto e segurança em situações de emergência. 

O mercado disponibiliza diversos modelos de geradores, separados entre mecânico, químico, térmico, luminoso e eólico. Cada um deles é responsável por converter a energia de um jeito, e sua utilização é indicada de acordo com cada caso. 

Gostou dessas dicas? Então não deixe de comentar e compartilhar esse post!