O funil de vendas para escritórios de arquitetura nada mais é do que uma representação das etapas que um potencial cliente passa, desde o primeiro contato com a sua empresa e o serviço que você oferece, até o momento em que ele realiza a compra. 

Acontece que, reformar e construir são decisões financeiras importantes, por isso a sua proposta de valor e o benefício que você oferece ao seu cliente devem estar claros desde o primeiro contato! 

No artigo de hoje você confere tudo sobre o funil de vendas para escritórios de arquitetura! 

O que é o funil de vendas? 

Pense no seu processo de compra hoje. Quando você decide por adquirir algum produto ou serviço, certamente faz uma breve pesquisa na internet buscando informações que considera importantes, como o preço, especificações técnicas, fabricante, entre outros. 

O funil de vendas é a forma como o marketing digital das empresas conduz um cliente em potencial durante todo o seu processo de compra.

Parece estranho, mas mesmo que inconscientemente, todos nós passamos por alguns caminhos antes de tomar a decisão por contratar o serviço do fornecedor A ou do fornecedor B. 

Um funil de vendas para escritórios de arquitetura bem elaborado pode induzir um cliente em potencial a optar pela contratação do seu serviço ao invés do serviço oferecido pelo concorrente. 

No entanto, por conta do longo ciclo de demanda de projetos de arquitetura, conseguir vender mais projetos de arquitetura pode ser uma tarefa difícil. Afinal, um cliente que precisou contratar os seus serviços hoje, dificilmente irá precisar do mesmo serviço amanhã. 

Portanto, para conseguir obter os resultados desejados, é preciso adaptar o funil de vendas para escritórios de arquitetura de forma a contemplar ações que tenham foco e sejam assertivas a longo prazo. 

As etapas do funil de vendas

As etapas do funil de vendas servem para que você forneça informações valiosas para o seu cliente durante todo o seu processo de compra. Tudo isso para que no momento de decisão da compra ele possa enxergar você como uma autoridade no assunto e portanto, identifica-lo como alguém que merece sua confiança. 

Para tanto, você deve contar com conteúdos ricos e educativos, capazes de despertar o interesse e curiosidade do seu cliente. É o que chamamos de Marketing de Conteúdo! 

Existem diversos formatos nos quais você pode criar o seu conteúdo: por meio da criação de um blog, por meio de postagens nas redes sociais como Instagram e Pinterest, por meio da criação de e-books educativos, entre outros. Tudo vai depender da sua estratégia de marketing e também da etapa do funil em que o seu potencial cliente se encontra! 

Conheça cada uma das etapas do funil de vendas: 

Topo do Funil ou TOFu (Top of The Funnel) 

É nessa etapa do funil de vendas que ocorrerá a descoberta e o início de um aprendizado. Aqui estão aqueles clientes que não conhecem a sua empresa e nem se quer estavam buscando adquirir os seus serviços. 

Por isso, em conteúdos topo de funil é importante apresentar-se como um especialista no assunto, disponibilizando materiais capazes de despertar o interesse e curiosidade do cliente no assunto. 

No caso do funil de vendas para escritórios de arquitetura, o cliente topo de funil é aquele que acessou o seu portfólio online ou as suas redes sociais, mas sem a intenção clara de adquirir o serviço.

Meio do Funil ou MOFu (Middle Of the Funnel) 

Nessa etapa do funil o cliente em potencial começa a reconhecer que está realmente precisando resolver um problema e considera que o seu escritório pode ajudá-lo com uma solução. 

Aqui a qualidade dos conteúdos oferecidos deve ser mais aprofundada do que na etapa anterior. Lembre-se que nessa etapa ainda existem dúvida, por isso é importante tentar aumentar a confiança. 

Para isso, você pode contar com conteúdos que forneçam dicas e técnicas de decoração ou da importância de um projeto de iluminação para a qualidade de vida de um morador em sua residência. 

Fundo de Funil ou BOFu (Bottom of the funnel) 

É nessa etapa do funil que ocorre a decisão de compra. Nessa etapa, o cliente é considerado um cliente qualificado, pois ele já entende a necessidade de resolver algum problema específico, e que é necessário adquirir um serviço para isso. 

Nesse momento o seu cliente em potencial provavelmente estará de olho em outras opções, inclusive algumas com preço menor. É aqui que você deverá usar todas as suas táticas de negociação! 

Por isso, nessa etapa do funil é importante deixar bem claro para o cliente a sua proposta de valor! Mostre que o seu serviço é de qualidade e destaque os benefícios que ele terá ao fechar com você. 

Para isso você pode utilizar-se de depoimentos de clientes antigos que ficaram satisfeitos com o seu serviço. Essa é uma forma de usar um gatilho mental poderosíssimo na hora de vender: o de prova social! 

No caso de você conseguir vender o projeto, então é hora de garantir a entrega dentro de todos os prazos e limites financeiros acordados. Lembre-se: um cliente satisfeito é capaz de gerar novos clientes por meio de indicações. 

Mídias sociais e o funil de vendas

Ainda que a venda de produtos e serviços relacionados a arquitetura seja feita de maneira predominantemente offline, é preciso reconhecer que o seu cliente em potencial está cada vez mais no mundo online. 

Mais do que isso, cada vez mais os clientes buscam por soluções para o seu dia a dia na internet e nas redes sociais. Por isso, é imprescindível que você crie conteúdos que sejam relevantes online. 

Se você quer ficar por dentro de mais conteúdos como esse, então não pode deixar de seguir o VEJA OBRA no Instagram