O Drywall é a solução prática para quem busca dividir um ambiente, embutir iluminação, isolar barulhos ou até mesmo criar móveis sob medida. O melhor de tudo é que esse material se adapta às necessidades do ambiente, e por isso não é necessário fazer grandes reformas. 

Por conta de todos esses diferenciais, o Drywall tem se tornado o queridinho dos profissionais da arquitetura e engenharia na hora de desenvolver em seus projetos. No artigo de hoje vamos apresentar 3 dicas incríveis na utilização desse material. Confira! 

Por que utilizar o Drywall?

É comum vermos pessoas desistirem de fazer reformas em  um ambiente porque acreditam que para fazê-lo é preciso derrubar e levantar paredes de alvenaria, mas isso não é verdade. Na realidade, muitos construtores brasileiros já aceitam o fato de que paredes de tijolos não são a única alternativa na hora de transformar a estrutura de edificações e ambientes. 

É nessa perspectiva que o forro de Drywall ganha espaço, pois além de serem muito práticos, são resistentes a diferentes intempéries e têm inúmeras utilidades. Existem três tipos de chapa, que são diferenciadas pelo seu tom e também pela sua utilização específica. 

  • A chapa branca é a padrão, e é utilizada em forros e paredes de ambientes secos, como é o caso de salas e quartos. 
  • A chapa Rosa é utilizada em ambientes que necessitam de resistência ao calor, como por exemplo em bancadas para cooktops nas cozinhas. 
  • A chapa verde é a placa ideal para áreas úmidas por conta dos seus aditivos fungicidas, como em banheiros e cozinhas.

Separamos algumas ideias de reformas rápidas com o Drywall que vão mostrar como esse material pode ser versátil: 


  1. Sancas

Essa palavra estranha nada mais é do que o encontro entre parede e teto. Em projetos que possuem forros no teto, por exemplo, o uso das sancas é essencial para garantir um acabamento final perfeito. No entanto, é importante que seja contratado um profissional especializado para realizar o serviço, pois qualquer erro no corte do forro ou no nivelamento pode comprometer o resultado.

O uso de sancas torna os ambientes mais charmosos, e melhor iluminados, por isso a dica aqui é utilizar pequenos refletores para lâmpadas para garantir um resultado final mais sofisticado. 

2. Nichos

Os nichos são ótimos aliados da decoração, pois além de versáteis e úteis, podem se encaixarem qualquer ambiente da casa. Essa tendência tem tudo a ver com o Drywall, já que o material pode ser adaptado aos ambientes sem grandes dores de cabeça. 

Além de facilitarem a organização, eles ajudam a melhorar a circulação dos espaços. Os diferentes tipos e formatos possíveis permitem a criação de ambientes diferentes e criativos, de acordo com o gosto do cliente. 

3. Móveis Personalizados

Outra forma simples de transformar a decoração de um ambiente é por meio da utilização de móveis feitos de Drywall. Hoje em dia é possível projetar closets, sapateiras, prateleiras, cabeceiras de cama, móveis de banheiro, painéis funcionais, estantes e muito mais utilizando esse material. O melhor de tudo? A construção de móveis em Drywall pode gerar uma economia no orçamento de até 60%, tudo sem perder a funcionalidade, a resistência e a beleza. Outro diferencial é que você pode fazer móveis personalizados, desenvolvidos especialmente para cada ambiente! 

Até aqui você já viu que o Drywall é uma técnica de construção bem prática e limpa, além de gerar menos custos para o cliente final. É por esses motivos que as reformas rápidas com Drywall tomam conta dos muitos projetos arquitetônicos atualmente.

E você? Já utilizou Drywall nos seus projetos? Comente aqui!