Pode até ser um clichê falar em como a competitividade no mercado exige que os arquitetos busquem soluções tecnológicas para agregar mais valor ao seu trabalho no dia a dia. O fato é que arquitetura e tecnologia já estão interligadas há muito tempo, visto que a profissão sempre buscou se renovar por meio de novas técnicas e materiais.

No entanto, quando falamos nas possibilidades de uso de tecnologias atualmente, estamos nos referindo a ferramentas que ainda não são muito empregadas na arquitetura, mas que já são aplicadas em outras áreas. Isso porque, num primeiro momento, algumas delas podem parecer muito distantes ou pouco adequadas ao contexto dos arquitetos.

Neste post, vamos mostrar como arquitetura e tecnologia podem ser associadas de diversas formas. Você vai ver as vantagens dessa ligação e como aproveitar melhor recursos modernos e ainda pouco explorados. Continue a leitura para saber mais!

Quais as vantagens de associar arquitetura e tecnologia?

Orçamentos e prazos mais precisos

As novas tecnologias ajudam a obter mais precisão no cálculo e na previsão de prazos nas obras.

Isso porque os orçamentos são feitos com base em informações mais confiáveis repassadas por softwares e aplicativos atualizados em tempo real. Pode ser o fim, por exemplo, de imprevistos na utilização de determinados materiais, que atrasam a entrega dos projetos e deixam clientes insatisfeitos.

Menos desperdícios na obra

Da mesma forma, os cálculos mais precisos e confiáveis ajudam a evitar perdas na execução da obra. Elas não só comprometem o orçamento final e os prazos, como também causam problemas relacionados com o descarte de resíduos e aproveitamento dos materiais. Desta forma, arquitetura e tecnologia podem, sim, ser mais sustentáveis.

Redução do tempo de execução

Com mais precisão e menos desperdícios, também é possível reduzir o tempo gasto na execução dos projetos, dando mais eficiência às construções e reformas.

Isso porque não se perde mais tempo com mudanças decorrentes de erros de cálculos e espera na entrega de novos materiais por fornecedores, entre outros problemas. Ou seja, a tecnologia não só permite mais exatidão nos cálculos, como também ajuda a otimizar o tempo empregado na obra.

Uso de uma visão estratégica

A tecnologia facilita a obtenção de orçamentos e prazos mais precisos, a previsão de atrasos e o cálculo de materiais e outros recursos utilizados.

Tudo isso envolve uma visão estratégica do projeto, uma vez que todos esses fatores devem ser pensados em conjunto, influenciando diretamente no andamento da obra. Por mais experiente que seja o arquiteto, é sempre difícil fazer um planejamento estratégico completo e que conduza a máxima eficiência.

Como associar tecnologia e arquitetura?

Agora que você já conhece as principais vantagens de relacionar arquitetura e tecnologia, veja quais ferramentas estão sendo empregadas e devem ganhar cada vez mais destaque nos próximos anos.

Realidade virtual

Há poucos anos, a realidade virtual parecia coisa de filme de ficção científica. Mas ela já está sendo bem aproveitada em áreas como tecnologia da informação, medicina e claro, na arquitetura. A tecnologia consiste em um recurso que permite a visualização e manipulação de imagens existentes em outro plano.

Assim como nos videogames, é possível atuar em um ambiente totalmente novo sem estar de fato presente. Por exemplo, pode-se construir um projeto inteiro em realidade virtual, podendo confirmar os cálculos realizados. Desta forma, dá para ver qualquer imprevisto que ocorreria de verdade, virtualmente.

Realidade aumentada

Com aplicações parecidas com a realidade virtual, a realidade aumentada se destaca apenas pela forma de visualização. Ela permite enxergar informações virtuais no ambiente real. Portanto, além de ajudar a ver um projeto, por exemplo, ela pode levá-lo ao próprio local de construção.

Nesse sentido, a realidade não apenas contribui para a rotina dos arquitetos, como também pode ajudar a controlar as expectativas dos clientes.

Plantas em impressoras 3D

Os objetivos das plantas tridimensionais são parecidos com os das duas tecnologias mencionadas anteriormente. A diferença é a facilidade de manuseio, inclusive na obra. Ou seja, em vez de utilizar as tradicionais plantas 2D planificadas, pode-se ter um melhor entendimento do projeto em 3 dimensões por todos os envolvidos na execução.

Softwares e aplicativos

As tecnologias mais utilizadas na arquitetura na atualidade são softwares de gestão de projetos, bem como aplicativos, que possibilitam administrar todas as etapas de maneira integrada.

Esse tipo de ferramenta é de fácil utilização e com a vantagem de poder ser acompanhado pelos profissionais em tempo real e de qualquer lugar. Os próprios clientes podem receber atualizações sobre o andamento do projeto, além de possibilitar uma comunicação mais eficiente também com colaboradores e fornecedores.

Scanners

É uma ferramenta interessante para o uso em canteiros de obras. Elas ajudam a capturar a realidade de ambientes, possibilitando que o arquiteto consiga estruturar melhor suas construções.

Também contribuem para uma maior previsibilidade em relação às estruturas. Por exemplo, pode-se entender melhor uma rede de encanamentos e cabos elétricos. Tudo isso por meio de imagens em alta definição.

Máquinas e equipamentos

Já estão disponíveis no mercado, mas ainda são pouco utilizados, equipamentos e máquinas que dão mais precisão às estruturas e ao acabamento das obras.

Alguns deixam as paredes mais alinhadas, outros ajudam na obtenção de pinturas e revestimentos mais homogêneos. Com isso, eles aumentam a eficiência e reduzem erros que podem comprometer o resultado do projeto.

Como essa relação pode valorizar o trabalho do arquiteto?

Você já sabe como algumas ferramentas podem ser interessantes para o seu dia a dia. Mas afinal, que vantagens a união da arquitetura e tecnologia pode oferecer para a sua carreira? Veja!

Possibilita acompanhar novidades no mercado

Se você já utiliza algumas ferramentas tecnológicas, como softwares 2D, sabe que todas as novidades chegam primeiro para os usuários. Com o uso de outras tecnologias, é possível ter acesso a um número cada vez maior de ferramentas, informações e outras vantagens que podem contribuir para a sua rotina e carreira.

Ainda que elas possam parecer um investimento alto no início, no longo prazo os benefícios para os projetos fazem valer a pena.

Aumenta a competitividade no mercado

É fato que a tecnologia sempre transmitiu uma aparência de modernidade e atualização em todos os setores. Assim, quando você emprega mais ferramentas tecnológicas, ajuda a construir uma imagem mais moderna e inovadora, que só agrega e atrai mais clientes para o seu escritório de arquitetura.

Contribui para a satisfação dos clientes

Com todas as vantagens já descritas acima (maior precisão, eficiência na execução da obra, entre outras), quem mais ganha são os clientes.

Além disso, a tecnologia também permite que eles recebam informações atualizadas, melhorando a comunicação com os arquitetos. Ou seja, eles ficam mais satisfeitos e pode recomendar o seu trabalho a outras pessoas, contribuindo para o sucesso do seu negócio.

Enfim, arquitetura e tecnologia estão bem mais próximas do que possa parecer a princípio. Pesquise bastante sobre essas ferramentas e equipamentos, pois a informação é o primeiro passo para escolher aqueles que mais se adaptam ao seu dia a dia e objetivos profissionais.

Gostou de saber como arquitetura e tecnologia podem ser associadas? Quer conferir mais conteúdos como este? Assine nossa newsletter e receba todas as nossas atualizações!