Se você é um profissional da construção civil, certamente já está acostumado com a grande variedade e quantidade de insumos necessários para a execução de cada projeto de obra, que vão desde sacos de cimento e latas de tinta até torneiras.

É justamente por isso que a eficiência no uso dos insumos disponíveis, bem como o armazenamento e manuseio dos mesmos é de extrema importância para garantir que o projeto seja executado dentro dos limites financeiros e de prazo estipulados pelo cliente.

A seguir você confere algumas dicas de como otimizar a gestão dos insumos no canteiro de obras.

A IMPORTÂNCIA DA GESTÃO DE SUPRIMENTOS.

Na maioria dos canteiros de obras percebe-se que grande parte dos desperdícios são resultado de má estocagem ou de manuseio incorreto dos materiais. Isso acontece por que nem sempre os funcionários responsáveis por tomar conta desses materiais possuem o preparo e tempo necessários para fazer esse controle de forma eficiente. O resultado de disso? Custos extras e atrasos no cronograma de obra.

A cultura do desperdício já é tão enraizada na construção civil, que quando fazemos um orçamento de obra já consideramos uma “folga” nas quantidades dos materiais, tudo para evitar problemas relacionados a pedidos de última hora, que causam atrasos e inflacionam os custos da obra. Isso tudo resulta em uma diminuição da produtividade e da agilidade, duas características tão necessárias à construção civil.

COMO FAZER A GESTÃO?

  1. Organização do canteiro

Para evitar esse tipo de problema no canteiro de obras, é necessário organização e limpeza: deve existir uma área reservada para a estocagem dos materiais, e os mesmos devem ser separados, preferencialmente, por demanda de uso e fragilidade. Outro ponto importante é que os mesmos devem ser devidamente acondicionados, por meio do uso de pallets, lonas, caixas ou o que for mais recomendado para cada tipo de material.

  1. Conheça as demandas

Conhecer as demandas dos projetos é importante para garantir a organização do canteiro de obras. Verifique junto ao orçamento e ao cronograma de obras quais os itens necessários em cada uma das etapas de execução da obra. Assim, é possível planejar as datas de entrega para cada item e você garante que o estoque estará preparado, evitando compras em duplicidade e emergência.

  1. Condições de armazenamento

Outra dica é já conferir os itens assim que recebê-los, pois no caso de produtos danificados ou incorretos, é possível solicitar a substituição ao fornecedor. Certifique-se também de que o produto está sendo armazenado de forma adequada, assegurando que estejam sempre prontos para o uso. Uma boa tática é armazenar os itens já próximo ao local de uso.

  1. Tenha sempre o estoque necessário

Em um canteiro de obras existem aqueles materiais de consumo constante, e que são capazes de parar uma obra! Para evitar atrasos, mantenha sempre em estoque uma quantidade mínima desses produtos, como cimento, argamassa, cal, etc.

  1. Utilize uma solução tecnológica

É importante ter o controle de todos os materiais disponíveis, e também o controle dos prazos para entrega dos materiais encomendados. Tudo isso garante benefícios como o cumprimento de prazos na entrega dos materiais, redução de custos com compras mais assertivas, disponibilidade dos produtos certos a cada etapa da obra e dados para os orçamentos serem cada vez mais próximos da realidade.

Essa precisão na gestão dos insumos torna possível o aprimoramento dos planejamentos futuros, bem como ajuda a ampliar a rentabilidade dos seus projetos, o que resulta em melhores resultados para o seu escritório!

Ainda não conta com uma ferramenta tecnológica para te ajudar nessa dificil tarefa? Conheça agora o VEJA OBRA. O nosso software 100% em nuvem permite a atualização e compartilhamento das informações de obra diretamente do canteiro de obras. Acesse o www.vejaobra.com.br e teste grátis por 30 dias!