cozinha-compacta cozinha-compacta

5 Estratégias Para Otimizar o Espaço de Uma Cozinha Compacta

6 minutos para ler

Quem tem cozinha compacta sabe como é difícil decorar o ambiente para deixá-lo completo, bonito e agradável.

Pode não parecer, mas é mais fácil decorar uma casa com ambientes amplos do que uma casa de ambientes de pouca metragem. É claro que ambos os casos possuem seus desafios. 

Imagina colocar em uma cozinha compacta tudo o que é necessário para uma cozinha funcionar.

Pense na seguinte questão: toda cozinha necessita de, pelo menos, pia, geladeira e fogão. Sem estes equipamentos é impossível armazenar, higienizar e cozinhar alimentos no local – e estas são, justamente, as atividades realizadas neste cômodo da casa. 

E é óbvio que, com tantas tecnologias novas disponíveis e acessíveis no mercado, a tendência é de que as pessoas consumam cada vez mais produtos para o ambiente da cozinha – incluindo eletrodomésticos e utensílios.

cozinha-compacta
3P Studio: Cozinha com cadeiras acrílicas pretas, bancada com cooktop elétrico, móveis planejados, geladeira de inox e luminária moderna – Viva Decora

Percebeu como um caso assim pode ser extremamente desafiante para um planejador de ambientes? A otimização de espaços é um problema que deve ser tratado desde a elaboração do projeto de arquitetura, chegando ao fim somente na etapa de decoração e montagem do ambiente. 

A seguir, confira algumas estratégias de design que você mesmo poderá adotar para explorar mais a área da sua cozinha compacta dentro de casa.

#1 Respeite a distância mínima entre os equipamentos básicos

Independente da sua cozinha ser ampla ou compacta, é indispensável que o seu projeto apresente um layout no qual a pia, geladeira e o fogão formam um “triângulo funcional”. 

Isto quer dizer que as três peças devem estar em planta distantes uma da outra formando um triângulo imaginário. Tal regra visa facilitar a mobilidade das pessoas dentro do ambiente, assim como também preservar a eficiência dos equipamentos.

cozinha-compacta
Ambiente com piso de cimento queimado, móveis em marcenaria preta, bancada em granito com cooktop e banqueta com assento de madeira por Inside Arquitetura e Design e Marcenaria com portas espelhadas e bancada preta de cozinha planejada por Joana Adamy Fernandes – Viva Decora

#2 Adote uma paleta de cores limitada

Esta ideia é utilizada não só na decoração de interiores, mas em outros campos artísticos, como a publicidade. 

Sabe-se que quanto mais informação visual dentro de um ambiente, maiores as chances das pessoas que frequentam o cômodo se sentirem confusas e angustiadas. Este problema torna-se ainda pior em um ambiente apertado, daí a necessidade de contar com uma decoração bem planejada.

Para uma cozinha compacta, o ideal seria manter a maior área de superfície em cor neutra e clara – o que inclui teto, piso, paredes e armários. 

Depois, para alegrar a decoração deste ambiente, podem-se adicionar pequenos toques de cor – talvez uma faixa de azulejos, uma sequência de armários, e alguns adornos. E mesmo estas peças devem se limitar a uma paleta de no máximo duas ou três cores, não mais.

cozinha-compacta
Balcão de madeira e armários brancos de cozinha compacta por ACF Arquitetura e Parede com pastilhas metalizadas e cadeira branca de cozinha compacta por Mauricio Karam

#3 Não exagere na quantidade de armários, menos é mais

É importante tentar aproveitar a área de piso e a verticalidade da cozinha de modo a otimizar o seu espaço. Mas quanto menos armários for possível ter no ambiente, melhor. 

Assim o cômodo ganha a sensação de ser mais amplo e arejado, , evitando aquela sensação de aperto e sufocamento – algo comum de se sentir em imóveis compactos. 

No caso dos armários, o balcão da pia é o item mais básico, e por isso deve ser prioridade.

cozinha-compacta
Decoração branca, cinza e preta de cozinha compacta por Decoradoria Decoração Online e Cozinha com decoração moderna e banquetas neutras de bancada de cozinha por Decora – Viva Decora

#4 Subtraia detalhes desnecessários 

Como dito antes, quanto menos informação visual, melhor. Então, para cozinhas compactas, o mais indicado é a utilização de armários sem muitos recortes, texturas, vazados e outros detalhes. 

Seguir um mesmo padrão estético para todas as peças também é importante. Você pode brincar com alguns detalhes, e combinar diferentes tipos de materiais para não deixar o ambiente tão monótono. 

Mas é importante lembrar: não exagere no número de elementos e cores para manter o ambiente harmônico! 

Uma novidade nos projetos de cozinhas é a ausência dos puxadores. Em certos casos, a abertura dos armários é realizada com a ajuda de um ‘pulsador magnético’ – assim, basta dar um leve toque nas portas para abri-las. 

Outra opção é fazer um recorte na própria marcenaria para encaixar os dedos e fazer o movimento de abertura. Isto facilita a limpeza da cozinha e também reduz a área de planta ocupada pelos armários.

cozinha-compacta
Prateleiras de madeira com led e gabinete cinza por Diamond Stone e Bancada de granito cinza e parede de tijolinho por Gabriela Toledo Arquitetura e Interiores – Viva Decora

#5 Coloque adornos na medida certa

Na maioria dos ambientes, é a personalização dos ambientes é o que acaba resultando em uma decoração pesada e sufocante. Especialmente no caso de uma cozinha compacta, a nossa dica é fugir dos enfeites. 

A nossa dica aqui é utilizar os próprios equipamentos e utensílios domésticos como ornamentação. Para tanto, invista em prateleiras funcionais, nas quais você pode exibir um jogo de panelas com alguma cor viva. 

Outra dica legal é criar um local especial para usar e abusar de vasos com chás e temperos vivos! 

Gostou das dicas? Então, aplique agora mesmo!

Essas estratégias de design para otimização do espaço da cozinha compacta foram criadas pela equipe Viva Decora.

Posts relacionados

Deixe um comentário