Se você é um arquiteto, sabe que cada cômodo de uma residência possui diferentes funções e necessidades. Cabe ao profissional juntamente com a ajuda do cliente, entender as melhores formas de transformar o ambiente de forma a suprir as necessidades do cliente.

Para tanto, um dos elementos mais importantes é o projeto de iluminação ou projeto luminotécnico. Isso por que, quando bem planejada, a iluminação é responsável por definir as percepções e sensações de cada ambiente da casa.

Nesse artigo você confere as melhores dicas para não errar na hora de fazer a iluminação do seu projeto!

O QUE É UM PROJETO LUMINOTÉCNICO?

O projeto luminotécnico nada mais é do que o estudo da iluminação artificial e a arquitetura, visando o emprego estratégico de lâmpadas no ambiente, seja ele interno ou externo. Esse tipo de projeto tem como objetivo principal a funcionalidade do ambiente, bem como a estética do mesmo.

Com os acessórios adequados é possível não só obter efeitos visuais inimagináveis em composições comuns, mas também contribuir para a economia de energia no ambiente. Afinal, o uso de exagerado de lâmpadas significa gastos extras e desperdício de energia.  

Um bom projeto luminotécnico leva em conta:

  • o fluxo luminoso (potência emitida por uma fonte de luz, e que é percebida pelo olho humano);
  • a eficiência luminosa (relação existente entre o fluxo luminoso e a potência elétrica da lâmpada);
  • a intensidade luminosa (radiação emitida em determinada direção)
  • a iluminância (relação entre o fluxo luminoso e a superfície em que a luz incide);
  • A temperatura de cor
  • Tipos de lâmpada

As variáveis são muitas! Por isso, é importante contar com um profissional da área, capaz de te auxiliar no processo de escolha das luminárias e no cálculo exato das quantidades necessárias de luz para cada ambiente, garantindo o conforto necessário.

TIPOS DE ILUMINAÇÃO

Agora que você já entendeu a importância do projeto de iluminação, vamos a prática. Por meio da iluminação é possível criar cenários, ressaltar elementos da decoração – como por exemplo um quadro ou um revestimento diferente, setorizar ambientes, definir áreas de circulação, entre outras possibilidades. Mas para isso, é necessário conhecer os tipos de iluminação existentes. São eles:

ILUMINAÇÃO DIRETA

Nesses casos, como o próprio nome já diz, a luz incide diretamente sobre um ponto específico. Você pode conseguir esse efeito utilizando-se de spots, luminárias de mesa e de piso, ou abajures pendentes.

Geralmente são utilizadas em escritórios e salas de estudo ou leitura, pois facilitam a leitura e o uso do computador. Também são uma ótima forma de dar destaque a algum objeto de forma charmosa e sem ocupar muito espaço!

ILUMINAÇÃO INDIRETA

Já esse tipo de iluminação é muito comum em forros de gesso, onde a luz reflete na superfície branca e se distribui pelo ambiente, criando ambientes mais intimistas. Justamente por isso, é a opção ideal para quartos e salas, pois trás a sensação de aconchego e harmonia.

Você pode conseguir esse efeito intimista por meio do uso de arandelas ou de fitas de LED no chão e no gesso ou forro dos ambientes. Tome cuidado para que o ambiente não fique muito escuro! Para evitar essa armadilha, tenha sempre mais fontes de luz.

ILUMINAÇÃO DIFUSA

Nos locais onde passamos muito tempo se movimentando e trabalhando, o ideal é utilizar-se da iluminação difusa. Isso por que, esse tipo de iluminação consegue distribuir o fluxo luminoso de maneira uniforme pelo ambiente. Apesar de ser considerado o tipo de iluminação mais versátil de todos, podendo ser aplicado em diversos cômodos, é comum encontrá-lo na cozinha.

Tenha sempre em mente que o ideal é que você misture os tipos de iluminação para criar combinações incríveis e funcionais para o seu cliente, garantindo o seu conforto e bem-estar. Não se esqueça que, o projeto luminotécnico é parte fundamental do planejamento de obra. Por isso, conte com ferramentas de gestão online como o VEJA OBRA para te ajudar no acompanhamento e controle do desenvolvimento do projeto! Acesse agora o nosso site www.vejaobra.com.br e ganhe 30 dias de uso grátis!