projetos-de-arquitetura-comercial projetos-de-arquitetura-comercial

Projetos de Arquitetura Comercial: O Que as Empresas Buscam?

5 minutos para ler

Quando pensamos em projetos de arquitetura comercial – restaurantes, lanchonetes, bares, cafés lojas, supermercados, shoppings, entre outros – o objetivo principal é a interação com o consumidor. 

Como o que não falta é concorrência, o estabelecimento precisa chamar a atenção do seu público-alvo e estimular o consumo, sempre buscando melhorar a experiência do cliente. E uma das formas de fazer isso é por meio de um projeto de arquitetura comercial bem feito!

No artigo de hoje você confere as nossas melhores dicas para criar um projeto de arquitetura comercial matador. Boa leitura! 

O Que é Arquitetura Comercial?

Como o próprio nome já diz, a arquitetura comercial é o projeto de edifícios e estruturas para uso comercial. A ideia por trás do projeto comercial é maximizar a funcionalidade dos espaços, combinando design e tecnologia para atender as necessidades específicas de cada negócio. 

No entanto, para que isso seja feito de maneira efetiva, é preciso que o arquiteto tenha noções mínimas de marketing, pois é preciso desenvolver um espaço que seja bonito, acolhedor e atraente a ponto de despertar no cliente em potencial o desejo de adquirir um produto ou serviço ofertado.

Tudo isso, é claro, considerando a cultura organizacional da empresa e aumentar a eficiência operacional do estabelecimento. 

Por exemplo, uma loja precisa ser organizada e confortável de modo a influenciar o cliente em potencial a consumir. Já um restaurante ou café, precisa ter (além da boa comida e serviço eficiente) uma atmosfera convidativa, para que o cliente se sinta bem naquele ambiente e queira voltar. 

Oportunidade no Mercado de Projetos Comerciais

A experiência de compras está cada vez mais complexa: com tantas alternativas disponíveis, como atrair mais clientes para uma empresa de forma a estimular que eles comprem os seus produtos ou serviços?

É nesse momento que um projeto de arquitetura comercial pode fazer toda a diferença! Afinal, um lugar com uma boa arquitetura e decoração oferece uma experiência agradável o suficiente para atribuir credibilidade ao empreendimento.

Essa é uma das grandes vantagens da arquitetura comercial bem planejada, e é por isso que você deve considerar esse nicho de mercado

Os benefícios de contar com esse serviço são muitos, por isso é importante que você deixe claro para o seu cliente em potencial como você, profissional da arquitetura, pode ajudá-lo a aumentar as vendas do seu estabelecimento. 

A seguir você confere os principais fatores a serem destacados:

1. Melhora a Experiência do Cliente

Uma das primeiras coisas a serem consideradas no projeto de arquitetura comercial é a maneira como o mobiliário é disposto, devendo ser considerado o espaço por onde o cliente transita e os pontos de contato principais com a marca.

Nesse sentido, os móveis são peças essenciais na personalização e conforto do ambiente comercial, e por isso merecem atenção. 

Uma boa dica é investir na área destinada à recepção de clientes. Com mobiliário adequado é possível transformar a opinião de um cliente e também dos que o acompanham. Portanto, nesse espaço aposte em móveis bem estofados, com design ergométrico e atraente. 

O projeto de iluminação também merece atenção especial, afinal a escolha e disposição das lâmpadas no ambiente também contribuem para a funcionalidade do mesmo. 

É preciso ter em mente que cada pequena interação é uma nova oportunidade de negócio, e um projeto de arquitetura comercial pode ajudar a potencializar cada uma delas! 

2. Psicologia das Cores no Projeto Comercial 

A psicologia das cores arquitetura é uma ciência bastante importante, e também faz parte de projetos de arquitetura comercial. Em linhas gerais, ela é um estudo de como as cores podem interferir no sistema nervoso humano, e como é possível usar isso na hora de se comunicar com os clientes. 

Nesse sentido, é preciso pensar as cores do ambiente comercial de com cautela, já que o uso de cada uma delas serve como instrumento para gerar um efeito desejado no cliente.

Tudo isso deve ser alinhado com a identidade visual do estabelecimento do seu cliente, e vamos falar mais disso no próximo tópico. 

3. Identidade Visual da Empresa

Espaços bem organizados e produtos de qualidade já não bastam para estimular o consumo. As opções disponíveis são tantas, que o cliente contemporâneo busca por experiências cada vez mais personalizadas e pessoais.

A identidade visual é um conjunto de elementos gráficos que passam os valores e princípios de uma organização. Ainda que muitos acreditem que a identidade visual deve ser exclusividade de cartões de visita, banners e logotipos, ela é fator essencial para estimular o consumo nos estabelecimentos. 

Sendo assim, desde a fachada do imóvel até a sua decoração interna, tudo deve possuir a mesma linguagem! 

Pensar na identidade visual na hora de realizar o projeto de arquitetura comercial é fundamental para garantir uma experiência agradável ao consumidor, e para que a marca seja lembrada. 

Se você busca por novas oportunidades no mercado de arquitetura, então não pode deixar de considerar projetos de arquitetura comercial. 

Seja por meio do aumento das vendas, do aumento do movimento nos estabelecimentos ou por meio do aumento do ticket médio de cada cliente, os projetos de arquitetura comercial podem ser o diferencial para um negócio de sucesso. 

Gostou dessas dicas? Então não deixe de compartilhar com alguém que precisa ver isso! 

Posts relacionados

Deixe um comentário