Muita gente não pode nem ouvir falar em reformas que já começa a ter pesadelos. A primeira coisa que vem na mente do cliente são os transtornos, custos extras e extensão de prazos. Nesse ambiente, cabe aos profissionais envolvidos na construção a tarefa de contornar os imprevistos e previnir falhas, garantindo que o projeto saia de acordo com o planejado.

O nosso arquiteto e representante Renato Feroldi, escreveu um artigo explicando a importância do planejamento de obra para que um projeto seja executada de forma a evitar essas tão temidas dores de cabeça. Quer saber? Continue lendo! 

LAR DOCE LAR: COMO EVITAR IMPREVISTOS.  

 Só de imaginar uma obra invadindo o “lar doce lar” você já sente arrepios? Não tenha medo de começar: apesar do trabalho, o benefício de ter um ambiente agradável e prático é sempre maior.

Se a reforma for bem planejada, pode ser levada com tranquilidade e sem dores de cabeça. O primeiro passo é decidir o que precisa ser feito.

A família cresceu? Você precisa montar seu escritório em casa? Ou a ideia é criar um espaço gourmet para receber os amigos? Depois de estabelecer o objetivo, é hora de colocar a reforma na ponta do lápis.

Defina quanto você deseja gastar nas obras e inclua todas as despesas nas contas, como por exemplo, transporte de material e retirada de entulhos.

Um dos maiores problemas das reformas são os imprevistos: eles resultam em gastos extras e costumam afetar instalações hidráulicas, elétricas, vigas e pilares. Depois da contabilidade, faça uma lista com todos os itens que você precisa comprar. Lembre de tudo: desde a areia e o cimento até móveis, piso e objetos de decoração.

Organize a rotina da família durante as obras, isso ajuda a reduzir o estresse. A obra é na cozinha? Prepare outro ambiente para a hora das refeições. Se a reforma é na sala ou nos quartos, inverta o uso dos espaços durante o tempo das obras: que tal assistirem televisão juntos em um dos quartos?

Família organizada, hora de pensar na mão-de-obra, que é fundamental para garantir o sucesso da sua reforma.

Se os profissionais não forem competentes, todo o investimento e planejamento podem ser perdidos. De preferência, todos os profissionais devem ser indicados por pessoas de confiança. Se possível, procure conhecer o trabalho destes profissionais antes de contratá-los.

Evite mudanças nos planos durante as obras e pesquise muito os preços e condições de compra dos materiais. Uma boa dica é comprar grande parte dos materiais necessários em uma só loja, para negociar descontos.

Lembre-se de que a reforma será um incômodo temporário. Dependendo da área a ser reformada, talvez seja mais conveniente deixar a casa por alguns dias e se hospedar em um hotel ou em casas de conhecidos. Se a reforma for menor, apenas isole a área temporariamente.

Considere que pessoas estranhas estarão trabalhando dentro de sua casa e a sujeira também pode atrapalhar. Quanto melhor o seu planejamento, menos preocupações, melhor o resultado e maior a economia.