O acompanhamento das obras é uma atividade inerente aos serviços prestados por um arquiteto. Muitas vezes, no entanto, exige o deslocamento do profissional até o canteiro para intervenções pontuais, que poderiam ser realizadas de um jeito mais ágil e prático. A utilização de câmeras de segurança interligadas a um software de gestão, como o Veja Obra, é uma maneira de facilitar esse monitoramento.

Por meio desse sistema, o arquiteto consegue verificar o andamento do projeto, compartilhar vídeos com clientes e orientar sua equipe. Tudo isso de forma rápida, agilizando a tomada de decisões e prazos de resposta.

Neste post, você vai conhecer como funciona esse mecanismo e quais são suas vantagens. Ficou interessado? Então, acompanhe!  

Você sabia que seu software de gestão pode ser integrado às câmeras de segurança?

Conduzir várias obras ao mesmo tempo é comum aos arquitetos e, também, um desafio. Cada obra tem seus prazos, etapas e características próprias, mas há algo em comum: a necessidade de acompanhamento constante. Esse controle é fundamental para assegurar que a construção ou a reforma esteja avançando de acordo com o que foi projetado. No entanto, é impossível estar em todos os locais ao mesmo tempo.

É por isso que os profissionais devem recorrer cada vez mais à tecnologia para otimizar o tempo e aprimorar a qualidade de seus serviços. Um dos recursos que já é possível adotar é a transmissão do local da obra, em tempo real, vinculada a um software de gestão de obras.

A integração de câmeras de segurança ao sistema de gerenciamento permite ao arquiteto verificar em tempo real, de forma online, uma série de aspectos, como o cumprimento do cronograma, o rigor na execução dos trabalhos, a postura dos profissionais no canteiro de obras, além de controlar a entrega de materiais e o estoque.

Há, ainda, um ganho importante para o cliente, já que o arquiteto pode compartilhar o acesso às imagens. Assim ele também pode acompanhar de perto tudo o que está ocorrendo no dia a dia da obra. Mas, o mais importante, é que a interação entre arquiteto e cliente fica mais fácil, evitando problemas como dificuldades de comunicação ou de agenda, quando ambos precisam estar juntos no local.

Como funciona a integração do software SaaS com o sistema de segurança?

Para fazer a integração do software SaaS com as câmeras de segurança, o arquiteto pode tanto contratar a instalação do sistema de vigilância, — com o Veja Obra — quanto vincular o seu próprio sistema. Além da transmissão ao vivo, as imagens ficam gravadas para consultas posteriores, mas é importante observar a quantidade de câmeras necessárias para abranger todo o ambiente a ser monitorado.

Por conta dessas características tão específicas, o projeto de monitoramento é customizado para se adequar às condições e necessidades de cada arquiteto. O acesso às informações também é personalizável. É o arquiteto quem decide quais são as funcionalidades que ele compartilhará com o cliente e com a equipe de profissionais envolvidos na obra.

Como a integração com câmeras de segurança é customizada, esse serviço é funcionalidade adicional do software do Veja Obra, sendo cobrado um valor a mais para a instalação, que, por enquanto, só é feita em São Paulo.

Contudo, se a obra estiver sendo executada fora do estado de São Paulo e contar com um sistema de câmeras instalado no local, é possível fazer a integração com a plataforma Veja Obra, desde que haja compatibilidade mínima de configuração.

O sistema de vigilância precisa ter câmeras com protocolo IP, que são câmeras vinculadas a computadores e que podem ser acessadas e controladas pela internet. Caso contrário, é possível montar e integrar o sistema ao software, mas, para isso, serão necessários mais acessórios para garantir o perfeito funcionamento.

Por isso, é importante que exista ponto de internet no local da obra para garantir que a transmissão ocorra com a máxima qualidade, o que pode ser viabilizado por soluções 4G e roteadores. Todas essas questões técnicas são importantes e precisam ser avaliadas para oferecer um serviço prático e adequado às necessidades de cada arquiteto.

Por que investir em um software com essa funcionalidade?

O monitoramento em tempo real traz inúmeras vantagens para organização e execução da obra. Entre eles:

  • acompanhamento dos prazos;
  • verificação da qualidade na execução dos trabalhos;
  • maior rigor em obras muito específicas, como franquias;
  • controle de estoques;
  • supervisão do dia a dia da obra;
  • otimização do tempo;
  • gerenciamento de métricas;
  • melhor comunicação com clientes e equipes de trabalho;
  • compartilhamento de detalhes da obra com clientes e profissionais;
  • aumento da produtividade;
  • garante maior segurança;
  • redução do retrabalho;
  • diminuição do risco de acidentes;
  • aumenta a segurança jurídica em caso de litígios.

O responsável pela obra deve atender a uma série de exigências não só vindas dos clientes, mas legais e de segurança. É importante, por exemplo, garantir que normas de segurança do trabalho sejam cumpridas, entre elas, o uso adequado de equipamentos de segurança.

Há, ainda, controles relacionados aos custos, que envolvem o uso correto de materiais e a preservação dos estoques. Profissionais que buscam melhorar cada vez mais a qualidade dos serviços prestados podem, com uso de sistema de monitoramento integrado ao software de gestão, acompanhar métricas. Dessa forma eles conseguem verificar a evolução quanto ao uso de recursos, produtividade, absenteísmo, entre outros pontos.

O monitoramento constante gera um efeito de dedicação maior por parte dos profissionais que estão envolvidos e trabalhando na obra. Esse é um mecanismo que permite a avaliação do trabalho desempenhado pelos colaboradores e tende a estimulá-los a produzir com mais qualidade, precisão e no tempo certo.

Em construções com exigências específicas, como as voltadas para instalações de pontos de franquias e edificação de grandes estruturas ou de áreas que exigem projetos adaptados a pessoas com deficiência, o rigor em relação aos padrões necessários é ainda maior.

Como é inviável estar no canteiro de obras em tempo integral, o acompanhamento à distância e ao vivo permite maior controle e facilita a orientação para adequações, de forma rápida e evitando retrabalhos.

Os arquitetos estão sujeitos a responsabilização civil em caso de falhas no projeto ou prejuízos contra clientes e trabalhadores. Um processo trabalhista é um bom exemplo: como garantir que todas as exigências legais foram atendidas integralmente?

Se um colaborador se acidentar durante o trabalho, mesmo tendo todos os recursos, condições e orientações necessários à sua segurança, é possível comprovar que o risco foi gerado por imperícia dele. Vale a mesma regra quanto às demandas que podem surgir por parte do cliente.

A reflexão a ser feita sobre adotar uma solução como essa deve ser ponderada, colocando no papel todos os riscos e dificuldades a serem enfrentados no dia-a-dia e compará-los com os benefícios que o sistema tem a oferecer.

Ele atende às suas necessidades? Reduzirá custos com retrabalho e perda de materiais? Oferece a garantia jurídica, evitando elevados custos judiciais? Então, você tem a possibilidade de fazer um investimento relativamente baixo para os resultados que oferece.

Saiba mais sobre a integração de câmeras de segurança ao software do Veja Obra! Entre em contato conosco e esclareça todas as suas dúvidas!