gestao-financeira-empresarial gestao-financeira-empresarial

7 Motivos Para Adotar Um Software Para Fazer a Gestão Financeira Empresarial

7 minutos para ler

O objetivo de todo negócio é gerar lucro, e essa tarefa se torna impossível sem uma gestão detalhada dos custos e das receitas da sua empresa, independente da grandeza do seu negócio. É por isso que, se você é um profissional da construção civil, você precisa dedicar tempo e recursos à gestão financeira empresarial! 

De forma resumida, a gestão financeira é o conjunto de ações e procedimentos administrativos relacionados ao planejamento, execução e controle das atividades financeiras de um empreendimento.

Como as variáveis a serem controladas são muitas, é comum que a gestão financeira empresarial seja uma das grandes dificuldades de profissionais.

É por isso que é cada vez maior a tendência de adotar softwares de gestão especializados em empresas da construção civil. Essas ferramentas ajudam não só a estabelecer processos mais assertivos, mas também contribuem para o aumento da produtividade e otimização de tempo.

Nós entendemos a necessidade de contar com a ferramenta certa na hora de realizar a gestão financeira do escritório, por isso no VEJA OBRA você encontra todas as funcionalidades a seguir: 

gestao-financeira-empresarial
Imagem retirada do modelo de gestão empresarial do software VEJA OBRA

1) Identifique os custos administrativos da empresa 

Toda empresa, independente do setor de atuação, possui custos administrativos. Estes custos não possuem ligação direta com a realização do seu serviço, e por isso é importante estar atento a eles. 

Alguns exemplos de custos administrativos são: aluguel, impostos (como IPTU e IPVA), material de escritório, material de limpeza, água, energia, internet, telefone, entre outros. 

Reduzir as despesas administrativas da empresa é uma forma prática de você conseguir aumentar a sua margem de lucro, sem a necessidade de ter que aumentar as vendas!

Isso acontece pois, ao reduzir os custos administrativos da sua empresa, você não só aumenta a sua margem de lucro, como também tira a necessidade de repassar esses custos para o consumidor final. Nesse sentido, é possível até cobrar preços mais competitivos no mercado

2) Controle de receitas e consolidação de resultado

Parte essencial do planejamento financeiro de uma empresa é realizar o controle efetivo do caixa. Isso quer dizer, fazer o acompanhamento e controle de todas as movimentações de entrada e saída do negócio.

No VEJA OBRA você registra e controla toda a receita gerada em cada uma das suas obras, organizando os valores que já foram recebidos e o que ainda está em aberto.

Por meio dessas informações, a inteligência do software é capaz de identificar quais os projetos que trouxeram maior número de receita sua empresa, ao mesmo tempo em que é possível fazer um controle das receitas totais da empresa – tudo por meio de painéis interativos! 

3) Identifique a rentabilidade de cada obra

De forma simplificada, a rentabilidade da obra é a porcentagem do retorno que você terá sobre o investimento realizado na execução daquela obra. Para tanto, o sistema irá utilizar as informações dos seus custos administrativos e operacionais, bem como as receitas registradas.

Tudo isso permite que você identifique de forma clara qual é a rentabilidade de cada uma das obras executadas pela empresa, e também qual o resultado financeiro que cada obra trouxe para a sua empresa. 

Esse acompanhamento é fundamental para que você possa identificar se os objetivos financeiros estabelecidos ao início do projeto foram alcançados com excelência. Isso é o que permite que você seja capaz de identificar de antemão quais projetos valem a pena para você, e quais não! 

4) Gráficos interativos de resultado

Não é nenhuma novidade que pouco se aprende sobre teoria e processos de gestão financeira da empresa, durante a formação acadêmica de arquitetos e urbanistas. Por esse motivo, tarefas relacionadas a esse tema se tornaram grandes desafios para a maioria dos profissionais no mercado. 

Para te ajudar e garantir que você esteja sempre no controle das contas do seu escritório, o VEJA OBRA possui um painel financeiro completo, que resume todas as informações de custos, receita e resultado mês a mês – e o melhor: tudo de forma gráfica!  

Todo esse detalhamento permite que você identifique de maneira ágil a necessidade de aportes e resgates financeiros – tudo de acordo com as suas projeções de resultados! 

gestao-financeira-empresarial
Imagem retirada do modelo de gestão empresarial do software VEJA OBRA

5) Controle de Extratos bancários

Um dos pontos mais importantes para garantir a eficiência da gestão financeira empresarial é fazer o controle das datas de pagamentos. É comum muitas vezes, quando não há o controle financeiro, que a empresa não tenha recursos o suficiente em caixa no momento do vencimento de um título. 

Nesse sentido, ter uma visão completa do caixa da empresa é fundamental para que você re-negocie prazos, evite o pagamento de juros, ou até mesmo para que você consiga se organizar e resgatar dinheiro de aplicações, ou transferir de outras contas.

Pensando nisso, no VEJA OBRA, ao registrar um pagamento ou recebimento, você tem a possibilidade de indicar qual a conta bancária responsável por realizar a transação. Com essas informações, o sistema cria extratos bancários para cada uma das suas contas de forma automática, permitindo que você identifique os saldos projetados de cada conta. 

Ainda pensando em facilitar o seu controle financeiro, você pode também sinalizar as transações recorrentes do escritório, evitando assim re-trabalhos.

Por exemplo: suponha que a conta de energia do escritório é sempre paga no dia 05 de cada mês, através da conta X do banco Y. Nesse caso, todo dia 5 do mês o sistema registra essa transação de forma automatizada! 

Vale lembrar que o software não tem nenhuma integração com instituições financeiras, e essas ferramentas servem apenas para acompanhamento e controle das transações financeiras realizadas!

gestao-financeira-empresarial
Imagem retirada do modelo de gestão empresarial do software VEJA OBRA

6) Trace objetivos e metas

Se você não sabe onde quer chegar, então qualquer caminho serve! É por isso que, para que o seu negócio prospere, é preciso estabelecer objetivos e metas claros a serem alcançados.

Mais do que isso, é preciso fazer o acompanhamento e controle do desempenho do negócio para garantir que esses objetivos sejam atingidos! 

Indique para o VEJA OBRA qual é a sua alíquota de tributação, o número de obras que consegue executar no ano, e o lucro desejado ao final do período, que o sistema calcula para você o valor mínimo a ser cobrado por cada projeto. 

Além disso, o VEJA OBRA também indica se os objetivos traçados são compatíveis com a realidade atual do seu negócio. 

7) Crie um estoque da sua empresa

Outra parte importante do controle financeiro empresarial, é saber exatamente quais os insumos e serviços que foram adquiridos pela empresa. Por isso, no VEJA OBRA, ao cadastrar um novo custo da sua empresa, você consegue indicar exatamente o que está sendo comprado ou contrato, e criar um estoque da sua empresa!

Uma vez que você tem o seu estoque criado, indique para quais obras enviou determinado material ou equipamento, e nunca mais fique sem saber onde seus materiais foram parar!

Se você chegou até aqui, então já entendeu a importância de contar com ferramentas especializadas para que seja possível realizar a gestão financeira empresarial de forma prática e assertiva. 

Nós acreditamos que a gestão financeira é parte fundamental para o sucesso do seu negócio e, mais do que isso, incentivamos o empreendedorismo de sucesso no mercado da construção civil. Por isso, no VEJA OBRA, oferecemos todas as ferramentas de gestão financeira empresarial de forma gratuita! 

Você ainda faz seus orçamentos em planilhas? Então acesse o VEJA OBRA e cadastre-se para conhecer as nossa ferramentas na íntegra de forma 100% gratuita! 

Posts relacionados

Deixe um comentário